Ignorar navegação principal
Conteúdos da página

Guardar Este Evento

Evento guardado

Pós-Graduação em Reabilitação Psicossocial em Saúde Mental - 4ª Edição [LISBOA]

Instituto CRIAP

Sábado, 12 de novembro de 2016 às 09:00 - Sábado, 15 de julho de 2017 às 18:00 (WET)

Pós-Graduação em Reabilitação Psicossocial em Saúde...

Informações de bilhete

Tipo de bilhete Fim das vendas Preço Taxa Quantidade
inscrição Terminado 160,00 € 6,14 €

Quem Vai

A carregar as suas ligações...

Partilhar Pós-Graduação em Reabilitação Psicossocial em Saúde Mental - 4ª Edição [LISBOA]

Detalhes do evento

CERTIFICAÇÃO | ACREDITAÇÃO | RECONHECIMENTO | PROTOCOLO

dgert ufp UPT Casa de Saúde do Telhal

DGERT
O sistema de certificação de entidades formadoras, a par de outros mecanismos, é um dos garantes da qualidade do Sistema Nacional de Qualificações em Portugal. Ler mais >>
Ensino Superior
Nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, e tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento), os estabelecimentos de ensino superior poderão creditar até 19 (13*) ECTS.
* Apenas com o plano curricular obrigatório.
Ler mais >>


SAÍDAS PROFISSIONAIS

Departamentos/serviços de psiquiatria, hospitais psiquiátricos, várias tipologias de unidades/equipas da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados em Saúde Mental (RNCCISM), IPSS’s com utentes de duplo diagnóstico (deficiência e patologia mental) e outras associações/instituições de ensino/IPSS’s/fundações a trabalhar em RPS.


DESTINATÁRIOS

A Pós-Graduação em Reabilitação Psicossocial em Saúde Mental destina-se a profissionais e estudantes universitários, a frequentar licenciatura e/ou mestrado integrado, nas áreas de medicina e especialidade de psiquiatria, enfermagem e especialidade de saúde mental e psiquiatria, psicologia, terapia ocupacional e serviço social. Também poderão ser aceites profissionais e estudantes de ciências da saúde e sociais, com intervenção e interesse em reabilitação psicossocial.


PORQUÊ ESCOLHER ESTA FORMAÇÃO?

A Reabilitação Psicossocial pode ser entendida como “um processo abrangente e contínuo que proporciona aos indivíduos com incapacidade devido a doença mental, a oportunidade de alcançar o maior potencial de funcionamento possível (no hospital e/ou comunidade). Efetua-se através de um conjunto de procedimentos e de um sistema de apoios residenciais e ocupacionais, tendo como base intervenções multi e interdisciplinares, procurando devolver e desenvolver as competências instrumentais e sociais necessárias à autonomia e qualidade de vida – numa atitude global de capacitação, autodeterminação e recuperação.”

Perante este contexto, esta é uma pós-graduação que responde a uma necessidade atual e cada vez mais pertinente, tendo em conta todos os dispositivos legais de Cuidados Continuados Integrados em Saúde Mental que estão em conformidade com as exigências no terreno e as orientações da OMS e da UE no que respeita à saúde mental.

Procura assim, esta pós-graduação ir ao encontro da multi e interdisciplinaridade (várias áreas e valências técnicas) que é exigida para se trabalhar em reabilitação psicossocial em saúde mental.


OBJETIVOS GERAIS

– Capacitar os formandos para intervir em Reabilitação Psicossocial em Saúde Mental (RPS), no âmbito dos Cuidados Continuados Integrados em Saúde Mental, de acordo com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da União Europeia (EU) e em conformidade com os dipositivos legais portugueses;

– Promover a aquisição de conhecimentos e desenvolvimento de capacidades e competências (teóricas e práticas) no âmbito da RPS (hard skills e soft skills em RPS);

– Qualificar os formandos para o trabalho nas equipas multidisciplinares, atuando em interdisciplinaridade, promovendo a transdisciplinaridade no resultado das intervenções;

– Adquirir e gerir ferramentas de avaliação e intervenção, nos vários alvos de atuação em RPS;

– Conhecer e relacionar os programas, modelos e metodologias de RPS nas Políticas e nos Sistemas da Qualidade.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

– Adquirir competências para a identificação e compreensão da psicopatologia e dos diagnósticos médicos, psicológicos, de enfermagem, funcionais/ ocupacionais e sociais;

– Conhecer e utilizar instrumentos de avaliação e intervenção para os utentes e famílias, nomeadamente nas vertentes psicológica, neuropsicológica e funcional/ocupacional;

– Compreender e implementar a metodologia de Planos Individuais de Intervenção/Reabilitação, aplicando o modelo de Gestor de Caso/Técnico de Referência;

– Identificar os modelos de intervenção psicoterapêutica adaptados à reabilitação psicossocial;

– Ter a perceção das especificidades de cada área técnica de intervenção, ao serviço de um modelo integrado de atuação em RPS;

– Desenvolver capacidades para o trabalho em equipa e liderança, nomeadamente competências de: comunicação, gestão de conflitos e motivação;

– Enquadrar os conhecimentos e as práticas em RPS nos Sistemas da Qualidade, assente numa filosofia focada no utente, com avaliação de resultados e melhoria contínua.


PLANO CURRICULAR

PLANO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

Introdução, Noções Gerais e Perspetiva Histórica

  • Noções gerais – Realidade, obstáculos e desafios
  • Perspetiva histórica da RPS

 

Psicopatologia e Doenças Mentais

  • Psicopatologia e exame do estado mental
  • Doenças mentais – Modelos de vulnerabilidade ao stress, emoções expressas e outros fatores de risco

 

Instrumentos e Metodologias de Avaliação

  • Entrevista Clínica e Psicológica
  • Instrumentos de avaliação psicológica: a avaliação cognitiva e da personalidade
  • Outros instrumentos específicos da avaliação das patologias mentais
  • Avaliação como suporte ao diagnóstico, à monitorização da evolução e eficácia de todo o percurso de reabilitação

 

Planos Individuais de Intervenção (PII’s) e Modelos de Intervenção Psicológica

  • Construção / elaboração de PII’s
  • Intervenção psicológica e psicoterapêutica baseada nos vários modelos de reabilitação na doença mental
  • Monitorização do percurso da RPS baseada em indicadores psicológicos
  • Avaliação da eficácia das intervenções
  • Interdisciplinaridade e gestores de caso/ técnico de referência

 

Abordagens Terapêuticas e Psicológicas

  • Psicofarmacologia
  • Terapias Cognitivo-Comportamentais
  • Outras Terapias não farmacológicas
  • A complementaridade entre psicofarmacologia, psicoterapia, psicoeducação e outras intervenções psicossociais

 

Outros Métodos e Técnicas de Intervenção. Avaliação dos Resultados.

  • Aquisição de aptidões/ competências: Atividades básicas, instrumentais e avançadas da vida diária e aptidões sociais
  • Avaliação de resultados, Qualidade de Vida e Satisfação

 

Neuropsicologia, Cognição e Comportamento

  • Avaliação neuropsicológica
  • Terapia de estimulação cognitiva/ reabilitação neuropsicológica
  • Intervenções comportamentais e cognitivas

 

Relação e Comunicação

  • Mediação em utentes e suas famílias
  • Mecanismos de coping e gestão de stress
  • Gestão de conflitos e resolução de problemas
  • Aquisição de competências de assertividade versus agressividade / passividade

 

Abordagens Sistémicas

  • Teoria geral dos sistemas
  • Terapia familiar sistémica
  • Modelos de terapia familiar e de intervenção sistémica

 

Tipologias de Serviços e Valências

  • Cuidados Continuados em Saúde Mental
  • Reabilitação Profissional
  • Redes e Parcerias – Prestação de Cuidados: acessibilidade, continuidade, diversidade e articulação

 

Direitos dos Utentes

  • Consentimento, participação, autodeterminação
  • Empowerment, recovery e advocacy
  • Desinstitucionalização, (re)inserção e integração comunitária

 

Agentes de Reabilitação: Atuação e Burnout

  • Modelos psicológicos de gestão de expectativas/ frustrações
  • Intervenção Psicológica no desgaste físico e psíquico dos cuidadores
  • Intervenção psicológica no burnout dos técnicos

 

RPS e Multidisciplinaridade

  • RPS e enfermagem – Noções específicas e essenciais
  • RPS e terapia ocupacional – Noções específicas e essenciais
  • RPS e serviço social – Noções específicas e essenciais

 

Sistemas da Qualidade

  • Indicadores, avaliação de resultados e melhoria contínua
  • Certificação e acreditação

 

Gestão de Equipas (Utentes e Técnicos)

  • Equipa, estilos de liderança e motivação

PLANO CURRICULAR OPCIONAL

(acesso em condições especiais)

Estágio

– Aplicação prática dos conhecimentos em contexto de trabalho

Tem dúvidas sobre Pós-Graduação em Reabilitação Psicossocial em Saúde Mental - 4ª Edição [LISBOA]? Contacte Instituto CRIAP

Guardar Este Evento

Evento guardado

Quando e onde


Lisboa - Oriente
Av. D. João II – Parque das Nações
1990 Lisboa
Portugal

Sábado, 12 de novembro de 2016 às 09:00 - Sábado, 15 de julho de 2017 às 18:00 (WET)


  Adicionar ao meu calendário

Organizador

Instituto CRIAP

 

CONTACTOS GERAIS

MORADA: 
Avenida Fernão de Magalhães, 1862, 5º piso
4350-158 Porto

 

EMAIL: 
geral@criap.com

 

TELF: 
+351 225 492 190
+351 225 097 667
+351 225 026 201
+351 918 081 537

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 
Dias úteis: 09:00h às 19:00h
Sábado: 09:30h às 17:30h

 

 

COMO CHEGAR AO INSTITUTO CRIAP

Coordenadas GPS
Lat. 41.165383 | Lon. -8.588517

Pontos de Referência
Junto à Loja do Cidadão; McDonald's das Antas; Estádio do Dragão; 
 
Carro
VCI (também chamada IC23) > Saída: Antas 

Metro
Combatentes (10 min a pé)
Estádio do Dragão (5 min a pé) 

Autocarro (STCP)
305 / 402 / 805 / 8M
Paragem: ANTAS (L. CIDADÃO)

 

APRESENTAÇÃO

Fundado em 2007, o Instituto CRIAP estreou-se como unidade exclusivamente dedicada às ciências psicológicas.
Consciente de que o mercado de trabalho é cada vez mais exigente e competitivo, o Instituto CRIAP tomou para si o dever de preparar mais e melhores profissionais. Para isso, ao longo do seu percurso, tem vindo a reforçar a sua equipa com docentes altamente qualificados e de mérito reconhecido e apostado na diversificação das suas áreas de atuação. Atualmente, o Instituto CRIAP tem uma oferta formativa que abrange as áreas da Psicologia, Terapia da Fala, Serviço Social, Educação, Recursos Humanos, Ciências Forenses e Criminais. O seu compromisso assenta em padrões de rigor e qualidade científica, procurando aproximar-se dos parâmetros internacionais de exigência em cada uma das áreas formativas.
O seu modelo de atuação engloba diferentes tipologias de formação, desde workshops de curta duração a pós-graduações, procurando uma resposta mais adequada às necessidades formativas individuais de todos os que procuram os serviços do Instituto CRIAP. A partir dos serviços centrais, sediados no Porto, o Instituto CRIAP trabalha diariamente para chegar cada vez mais longe:
-Porto, Lisboa, Coimbra, Madeira e Açores beneficiam já dos nossos serviços de formação;
-Com o novo projeto de ensino à distância (e-learning), o Instituto CRIAP toma para si o desafio de levar o conhecimento científico além-fronteiras.

 

  Contactar o organizador
Pós-Graduação em Reabilitação Psicossocial em Saúde Mental - 4ª Edição [LISBOA]
Coisas para fazer em Lisboa Aula Outro

Inicie sessão ou registe-se

Para comprar estes bilhetes em prestações, é necessária uma conta Eventbrite. Inicie sessão ou registe-se para uma conta gratuita para continuar.