Ignorar navegação principal
Conteúdos da página

Guardar Este Evento

Evento guardado

Pós-Graduação em Intervenção no Serviço Social Em Diversos Contextos - 1ª Edição [LISBOA]

Instituto CRIAP

Sábado, 10 de setembro de 2016 às 09:30 - Sábado, 3 de junho de 2017 às 12:30 (WEST)

Pós-Graduação em Intervenção no Serviço Social Em...

Informações de bilhete

Tipo de bilhete Fim das vendas Preço Taxa Quantidade
inscrição Terminado 160,00 € 6,14 €

Quem Vai

A carregar as suas ligações...

Partilhar Pós-Graduação em Intervenção no Serviço Social Em Diversos Contextos - 1ª Edição [LISBOA]

Detalhes do evento

CERTIFICAÇÃO | ACREDITAÇÃO | RECONHECIMENTO | PROTOCOLO

dgert dgert dgert

DGERT
O sistema de certificação de entidades formadoras, a par de outros mecanismos, é um dos garantes da qualidade do Sistema Nacional de Qualificações em Portugal. Ler Mais >>

Ensino Superior
Nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, e tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento), os estabelecimentos de ensino superior poderão creditar até 15 ECTS. Ler Mais >>


SAÍDAS PROFISSIONAIS

  • Após a conclusão da formação os formandos poderão desempenhar as atividades profissionais de Assistente Social em diferentes contextos profissionais;
  • Desenvolver competências como formador/a na área do Serviço Social;
  • Poderão também intervir em várias áreas, instituições, associações, programas, num variado leque de entidades publicas e/ou privadas, tais como:
    – Hospitais gerais e especializados
    – Gabinetes de apoio à vítima
    – Centros de reabilitação
    – Comissões de proteção de crianças e jovens em risco e EMAT
    – Rede de cuidados primários
    – Ipss, bem como na rede de poder local

DESTINATÁRIOS

A Pós-Graduação em Intervenção no Serviço Social: Em Diversos Contextos destina-se a estudantes e profissionais das áreas das ciências humanas e sociais (serviço social, sociologia, educação social), dirigentes associativos, diretores técnicos, coordenadores de serviço, e, outros com formação e intervenção do campo do serviço social.


PORQUÊ ESCOLHER ESTA FORMAÇÃO?

O Serviço Social nasceu como área disciplinar nas ciências sociais em 1898 em Nova Iorque (EUA) e em 1899 em Amesterdão (Holanda). Em Portugal as primeiras escolas datam de 1935 e 1937, respetivamente em Lisboa e Coimbra, constituindo desde o início a saúde um campo privilegiado de inserção profissional do Serviço Social, nomeadamente desde 1939.

O Serviço Social é uma profissão que se situa numa posição de transversalidade nos diversos níveis de intervenção.

Encontra-se atualmente inserido profissionalmente em toda a rede institucional de saúde, ação social, poder local, quer a nível estatal quer a nível privado, sendo reconhecido o seu papel nas equipas multidisciplinares como relevante para a melhoria do bem-estar e da qualidade de vida dos utentes, e famílias que necessitam da intervenção psicossocial.

Assim, nos diferentes campos concebem, organizam e prestam serviços de âmbito social, em diferentes fases do ciclo da vida humana: cuidados dirigidos a cidadãos, famílias, grupos e comunidades, integrados no processo global de promoção, prevenção, tratamento, recuperação e reabilitação social.

Hoje, na Europa e em concreto em Portugal, as mudanças sociais e políticas são enormes, refletindo-se em diversos campos profissionais, considerando-se que a saúde agrega de forma transversal, e ao mesmo tempo especifica, desafios aos profissionais sociais que se debatem diariamente com problemas que fragilizam a qualidade de vida dos cidadãos.

Justifica-se assim a formação pós-graduada como um forte contributo pra o aprofundamento e consolidação das competências e especialização dos profissionais do serviço social, revertendo esta na melhoria das práticas e dos contextos institucionais aonde estão inseridos, como forma de ultrapassar e minimizar alguns dos riscos, nomeadamente o reforço dos direitos sociais e de cidadania dos cidadãos em situação de fragilidade e risco social.


OBJETIVOS GERAIS

  • Conhecer os diferentes sistemas, práticas e intervenção em diferentes contextos profissionais, na área do serviço social;
  • Analisar e construir um pensamento crítico sobre algumas das abordagens teóricas relevantes em serviço social
  • Desenvolver competências essenciais à intervenção no domínio da profissão.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Interpretar e discutir as abordagens teóricas e políticas que sustentam o serviço social;
  • Adquirir competências nos diferentes campos de intervenção do serviço social;
  • Apreender conhecimentos transversais à intervenção social, nomeadamente no campo da de relação interpessoal, interdisciplinaridade e ética profissional;
  • Conhecer as ferramentas e instrumentos de intervenção aplicadas no serviço social;
  • Refletir e utilizar estratégias de intervenção do serviço social nos cuidados de saúde hospitalares bem como nos primários e continuados, poder local, IPSS, ação social e segurança social, intervenção com crianças e jovens em risco, apoio a vítimas de crimes, cuidados psicogeriátricos, no contexto escolar e na saúde mental entre outros.

PLANO CURRICULAR

Principais correntes teóricas que suportam a intervenção social

  • Abordagem do serviço social como área do conhecimento das Ciências Sociais e Humanas
  • Perspetivas reflexivas sobre o serviço social (Positivista, Interpretativa e Crítica)
  • Reconfigurações das identidades profissionais e sua identificação com saberes teóricos, analíticos e interpretativos da realidade social promovendo a capacitação para influenciar e contribuir para a melhoria das políticas de bem-estar social

Políticas sociais e intervenção social

  • Análise do sentido da emergência e desenvolvimento da política social e das políticas sociais
  • Do campo das definições e das correntes de pensamento para análise das políticas sociais
  • As políticas sociais como políticas públicas e como projetos de mudança social
  • Politicas sociais interrogar os seus objetivos, finalidades e dinâmicas de planeamento
  • Indagações de análise e intercessão com o campo do agir profissional

Intervenção social na promoção e proteção de crianças e jovens

  • Maus tratos
  • Tipologias de abuso
  • Processos de promoção e proteção
  • Prevenção/intervenção

Intervenção social na juventude: tutelares educativos

  • Delinquência juvenil
  • Enquadramento legal
  • Fatores de risco/protetores
  • Prevenção/intervenção

Intervenção do Serviço Social no âmbito dos Cuidados Psicogeriátricos

  • Abordagem das politicas sociais para as pessoas mais velhas e/ou dependentes
  • Abordagem das redes de suporte formais e informais
  • O papel do serviço social numa equipa multidisciplinar de cuidados psicogeriátricos
  • A avaliação e intervenção do serviço social e contributos na garantia da melhoria das condições assistenciais às pessoas mais velhas
  • Reconhecimento do carácter específico das suas necessidades e a promoção da prestação de cuidados diferenciados e especializados, intra e extra hospitalares
  • Importância do envolvimento do serviço social, e da articulação com a rede de cuidados de saúde e sociais para a melhoria da qualidade de vida das pessoas mais velhas e cuidadores

Intervenção do serviço social na ação social

  • Afirmação de identidade e competências profissionais de assistentes sociais no campo disciplinar próprio de intervenção
  • O serviço social no seu processo de construção científico/metodológico para um agir fundamentado de intervenção da ação social: da afirmação informal a formas e sistemas de garantia de bem-estar
  • Domínios, problemáticas e dimensões da intervenção do serviço social na ação social junto de grupos, indivíduos, instituições, comunidades, perante situações de exclusão, vulnerabilidade, desigualdade nas suas várias expressões, rostos e extensões
  • Os desafios colocados de contexto nacional e supranacional à intervenção do serviço social na ação social

Intervenção do serviço social em contexto escolar

  • Enquadramento, funções e desafios do serviço social escolar – TEIP (Território Educativo Intervenção Prioritário)
  • Constrangimentos e potencialidades do serviço social no contexto escolar
  • Papel de mediação do assistente social na escola

Intervenção do serviço social nos cuidados hospitalares

  • O hospital no SNS (Sistema Nacional de Saúde)
  • Participação do serviço social na equipa de saúde (dimensão social da saúde/doença)
  • A investigação social em contexto hospitalar, desenvolvimento e implementação de projetos nacionais e internacionais

Intervenção do serviço social nos cuidados de saúde continuados

  • Contextualização da RNCCI (Rede Nacional dos Cuidados Continuados) enquanto medida de política social
  • A emergência de novos problemas sociais, num contexto societário em que o envelhecimento e/ou dependência assume elevada predominância
  • Reflexão sobre as práticas dos profissionais de serviço social na área da RNCCI
  • Enquadramento normativo e legislativo da RNCCI, estruturas, objetivos, funcionamento e competências, circuitos e procedimentos intra e inter estruturas
  • Modalidades e estratégias de intervenção

Intervenção do serviço social nas IPSS

  • Respostas sociais
  • Empreendedorismo
  • Sustentabilidade

Intervenção do Serviço Social na Saúde Mental

  • Abordagem das bases históricas da saúde mental em Portugal
  • A Lei de Saúde Mental e o internamento compulsivo
  • Mecanismos legais de suprimento da incapacidade
  • O Plano Nacional de Saúde Mental e o Sistema de Saúde Mental
  • Objetivos e competências do serviço social na saúde mental
  • A qualidade e instrumentos de avaliação para o serviço social na saúde mental

Intervenção social no apoio a vítimas de crimes

  • Violência doméstica
  • Enquadramento legal
  • Transmissão intergeracional da violência
  • Prevenção/intervenção

Competências de Comunicação e Relacionamento Interpessoal

  • A importância da comunicação na interação social e na saúde
  • Diferentes estilos de comunicação interpessoal
  • A importância do pensar e das emoções como modeladores dos nossos comportamentos e atitudes
  • A importância do comportamento não-verbal na comunicação
  • Competências comunicacionais na gestão dos conflitos
  • Aquisição de competências de assertividade

Interdisciplinaridade e trabalho em equipa

  • Conceito de equipa
  • Benefícios do trabalho em equipa
  • Estádios de desenvolvimento de uma equipa
  • Aspetos estruturais e processuais na criação de uma equipa
  • Condução e liderança de equipas
  • Barreiras internas e externas no trabalho de equipa
  • Para uma equipa de sucesso: fatores facilitadores de crescimento
  •  Uma experiência interdisciplinar em equipas de saúde mental

Criação e Implementação de Respostas Sociais

  • Abordagem da rede de cuidados formais – desafios na implementação das respostas dadas as novas necessidades sociais
  • Sustentabilidade das organizações
  • Empreendedorismo social

Intervenção comunitária, mediação e articulação institucional

  • Conceitos e princípios da intervenção comunitária
  • Identidade comunitária e intervenção como forma de promoção da cidadania participativa.
  • Políticas de ação social e intervenção comunitária
  • A articulação institucional e a mediação como forma de promoção da comunidade
  • Papel da comunidade e dos profissionais sociais nos planos de intervenção e mudança social

Planeamento e Elaboração de Projetos Sociais

  • Fases do processo de construção dos projetos sociais
  • Elaboração diagnóstica, identificação dos problemas sociais e planeamento dos projetos
  • Definição dos objetivos e metas investigativas
  • Escolha das metodologias e métodos
  • Enquadramento teórico e problematização
  • Análise das conceptualizações
  • Implementação e avaliação dos projetos sociais
  • Modelos  e metodologias de apresentação de projetos/investigações sociais – poster (s), artigo(s) cientifico (s), apresentações cientificas.

Serviço Social, Ética Direitos Sociais e Humanos

  • A relação entre serviço social, ética, direitos sociais e humanos
  • A emergência de novos problemas sociais e a consolidação de velhos problemas sociais num contexto de retração das políticas sociais
  • A prática dos profissionais de serviço social na relação de mediação/pressão dos destinatários das políticas sociais e dos interesses das instituições enquadradoras
  • Reflexão sobre as questões profissionais que se colocam no exercício da prática dos assistentes sociais na garantia da ética profissional, e dos direitos sociais e humanos

Suporte Social e Intervenção com Redes e Famílias

  • A família como sistema
  • Os cuidados formais e informais
  • Instrumentos de diagnóstico e planificação da intervenção social
  • Os conceitos de rede social
  • Conhecimento e aplicação de escalas sociais e meios instrumentais de trabalho com os diferentes sistemas no campo do trabalho social
Tem dúvidas sobre Pós-Graduação em Intervenção no Serviço Social Em Diversos Contextos - 1ª Edição [LISBOA]? Contacte Instituto CRIAP

Guardar Este Evento

Evento guardado

Quando e onde


Lisboa - Oriente
Av. D. João II
1990 Lisboa
Portugal

Sábado, 10 de setembro de 2016 às 09:30 - Sábado, 3 de junho de 2017 às 12:30 (WEST)


  Adicionar ao meu calendário

Organizador

Instituto CRIAP

 

CONTACTOS GERAIS

MORADA: 
Avenida Fernão de Magalhães, 1862, 5º piso
4350-158 Porto

 

EMAIL: 
geral@criap.com

 

TELF: 
+351 225 492 190
+351 225 097 667
+351 225 026 201
+351 918 081 537

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 
Dias úteis: 09:00h às 19:00h
Sábado: 09:30h às 17:30h

 

 

COMO CHEGAR AO INSTITUTO CRIAP

Coordenadas GPS
Lat. 41.165383 | Lon. -8.588517

Pontos de Referência
Junto à Loja do Cidadão; McDonald's das Antas; Estádio do Dragão; 
 
Carro
VCI (também chamada IC23) > Saída: Antas 

Metro
Combatentes (10 min a pé)
Estádio do Dragão (5 min a pé) 

Autocarro (STCP)
305 / 402 / 805 / 8M
Paragem: ANTAS (L. CIDADÃO)

 

APRESENTAÇÃO

Fundado em 2007, o Instituto CRIAP estreou-se como unidade exclusivamente dedicada às ciências psicológicas.
Consciente de que o mercado de trabalho é cada vez mais exigente e competitivo, o Instituto CRIAP tomou para si o dever de preparar mais e melhores profissionais. Para isso, ao longo do seu percurso, tem vindo a reforçar a sua equipa com docentes altamente qualificados e de mérito reconhecido e apostado na diversificação das suas áreas de atuação. Atualmente, o Instituto CRIAP tem uma oferta formativa que abrange as áreas da Psicologia, Terapia da Fala, Serviço Social, Educação, Recursos Humanos, Ciências Forenses e Criminais. O seu compromisso assenta em padrões de rigor e qualidade científica, procurando aproximar-se dos parâmetros internacionais de exigência em cada uma das áreas formativas.
O seu modelo de atuação engloba diferentes tipologias de formação, desde workshops de curta duração a pós-graduações, procurando uma resposta mais adequada às necessidades formativas individuais de todos os que procuram os serviços do Instituto CRIAP. A partir dos serviços centrais, sediados no Porto, o Instituto CRIAP trabalha diariamente para chegar cada vez mais longe:
-Porto, Lisboa, Coimbra, Madeira e Açores beneficiam já dos nossos serviços de formação;
-Com o novo projeto de ensino à distância (e-learning), o Instituto CRIAP toma para si o desafio de levar o conhecimento científico além-fronteiras.

 

  Contactar o organizador
Pós-Graduação em Intervenção no Serviço Social Em Diversos Contextos - 1ª Edição [LISBOA]
Coisas para fazer em Lisboa Aula Outro

Inicie sessão ou registe-se

Para comprar estes bilhetes em prestações, é necessária uma conta Eventbrite. Inicie sessão ou registe-se para uma conta gratuita para continuar.