Ignorar navegação principal
Conteúdos da página

Guardar Este Evento

Evento guardado

Pós-Graduação em Comunicação Aumentativa e Alternativa da Infância à Idade Adulta [LISBOA]

Instituto CRIAP

Sábado, 17 de setembro de 2016 às 18:00 - Sábado, 8 de abril de 2017 às 18:00 (WEST)

Pós-Graduação em Comunicação Aumentativa e Alternativa...

Informações de bilhete

Tipo de bilhete Fim das vendas Preço Taxa Quantidade
inscrição Terminado 160,00 € 6,14 €

Quem Vai

A carregar as suas ligações...

Partilhar Pós-Graduação em Comunicação Aumentativa e Alternativa da Infância à Idade Adulta [LISBOA]

Detalhes do evento

CERTIFICAÇÃO | ACREDITAÇÃO | RECONHECIMENTO | PROTOCOLO

dgert

DGERT
O sistema de certificação de entidades formadoras, a par de outros mecanismos, é um dos garantes da qualidade do Sistema Nacional de Qualificações em Portugal. Ler mais >>

Ensino Superior
Por se tratar de uma formação pós-graduada, que assume carácter profissionalizante, visando a prática profissional no âmbito da Terapia da Fala, a matrícula é imediata desde que o candidato possua uma licenciatura numa área afim. Caso o candidato seja finalista ou pretenda ingressar com base na experiência profissional, fica obrigado a apresentar um CV detalhado, o qual será analisado pela Coordenação do curso em questão e, simultaneamente, pela Direção Pedagógica. Estes dois órgãos autorizarão, ou não, a inscrição do candidato no curso em questão. Esta opção justifica-se ainda, no pressuposto que a formação referida implica o domínio de conhecimentos específicos e um estudo avançado da Terapia da Fala, só assim se garantindo uma máxima rentabilização dos conhecimentos ministrados na mesma.

 Nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, e tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento), os estabelecimentos de ensino superior poderão creditar até 14 ECTS, podendo constituir-se também numa valorização curricular na admissão a concursos de emprego público e privado. Ler mais >>


SAÍDAS PROFISSIONAIS

Após a conclusão da formação os formandos poderão desempenhar as atividades profissionais de:

  • Terapia da Fala com conhecimentos aprofundados a nível da comunicação aumentativa/ alternativa.

 Poderão intervir em várias áreas e instituições:

  • Perturbações da comunicação em crianças;
  • Perturbações da comunicação em jovens e adultos;
  • Instituições: Jardins de Infância, Escolas, Unidades de Apoio à Multideficiência, CERCI`s, Centros de Reabilitação, Hospitais Pediátricos, Hospitais de Adultos, Gabinetes Privados, entre outros.

DESTINATÁRIOS

A Pós-Graduação em Comunicação Aumentativa e Alternativa, da infância à idade adulta destina-se a estudantes universitários do último ano de Terapêutica da Fala, bem como a profissionais na área da Terapia da Fala.


PORQUÊ ESCOLHER ESTA FORMAÇÃO?

Toda a potencialidade de desenvolvimento do ser humano reside na capacidade de comunicar e interagir com os outros. As alterações da comunicação diminuem não só a qualidade de vida dos afetados, mas também a sua capacidade de adquirir conhecimentos, interpretá-los e transmiti-los, impedindo muitas vezes a sua integração social e desenvolvimento pessoal. As crianças, jovens e adultos com dificuldades em expressar-se,  debatem-se com sérias limitações aos níveis da autonomia pessoal e familiar, encontrando-se a maior parte das vezes votadas à solidão, ao isolamento;  desenvolvem um sentimento de impotência perante o meio, dado a impossibilidade de agirem sobre ele, sentindo que os outros os subestimam, que falam sem os terem em conta, que tomam decisões em seu lugar, e assim, vão perdendo o interesse no diálogo, tendo enormes dificuldades na sua relação com o meio envolvente.

À medida que vão acumulando fracassos, vão desistindo de tentar arriscar, aprendendo assim a serem totalmente dependentes dos outros, adotando cada vez mais uma atitude passiva (Passividade Aprendida).

Nos casos em que a fala não constitui o canal principal do processo comunicativo é necessário proporcionar um SAAC. Somos ardentes defensores e promotores da Comunicação Aumentativa/Alternativa, e não duvidamos da eficácia  e potencialidade desta intervenção, pois ao promovermos capacidades comunicativas e linguísticas em pessoas incapacitadas, tornamo-las capazes de interagir, comunicar, expressar necessidades e  sentimentos, de partilhar experiências e informações.

Em Portugal não se sabe quantas pessoas têm problemas de comunicação, pois estas dificuldades são ainda secundárias em relação a outros diagnósticos…Sabemos no entanto que milhares e milhares de pessoas estão privadas de comunicar. Quanto mais cedo interviermos, mais facilmente se estabelecerão as estratégias adequadas a desenvolver, que permitirão uma interação ajustada a cada situação. É importante desmistificar a atitude face ao uso de um SAAC, motivando mais gente a Informar-se, a Formar-se e a Intervir.


OBJETIVOS GERAIS

  • Explorar os diversos sistemas de comunicação aumentativa e alternativa;
  • Enquadrar os Terapeutas da Fala nas novas perspetivas de avaliação, diagnóstico e intervenção em comunicação aumentativa e em comunicação alternativa;
  • Dotar os alunos de conhecimentos teóricos e práticos de avaliação e intervenção com comunicação aumentativa e alternativa na criança e no adulto.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Avaliar as competências comunicativas da criança, jovem ou adulto;
  • Identificar o problema principal e desenvolvimento de padrões comunicativos;
  • Transmitir conhecimentos sobre a habilitação da criança / jovem / adulto;
  • Transmitir conhecimentos sobre a habilitação dos contextos;
  • Adquirir conhecimentos de avaliação, diagnóstico e intervenção junto dos clientes com necessidades comunicativas e dos respetivos parceiros comunicativos;
  • Desenvolver a capacidade reflexiva e do raciocínio crítico.

PLANO CURRICULAR

Comunicação Aumentativa e Alternativa: conceitos teóricos

a) Interação e desenvolvimento da linguagem, em crianças deficientes
b) Consequências das alterações no processo interativo
c) A Comunicação Aumentativa e a Comunicação Alternativa
d) Introdução aos sistemas de comunicação aumentativa e alternativa

1.Sistema BLISS
2.Sistema PIC
3.Sistema SPC
4.MAKATON
5.PECS

A Comunicação Aumentativa e Alternativa na Criança: Avaliação

a) Princípios da avaliação; equipa: papel e responsabilidades de cada um dos elementos da equipa
b) Avaliação centrada na criança / jovem (capacidades e competências). Funções, formas e conteúdos da comunicação
c) Avaliação dos contextos: atividades, interlocutores, padrão de interação comunicativa.
d) População candidata ao uso de SAAC – grupos funcionais

A Comunicação Aumentativa e Alternativa na Criança: Intervenção

a) Objetivo da intervenção com recurso a CAA.
b) Habilitação da criança / jovem; habilitação dos contextos
c) Criança e interlocutores: padrão de interação comunicativa
d) Estruturação do meio. Atividades e materiais
e) Seleção de vocabulário, organização e ampliação
f) Estratégias de ensino
g) Treino

O Programa de Linguagem no Vocabulário MAKATON

Workshop 1 e 4

a) A Comunicação Humana
b) O Programa de Linguagem do Vocabulário MAKATON
c) A Língua Gestual e o Programa MAKATON
d) Ensino de Gestos

Workshop 6

a) MAKATON – Abordagem Multimodal
b) Os Símbolos MAKATON e sua utilização
c) Sessões Práticas
d) Apresentação de Trabalhos pelos Participantes

Workshop 5A/B

a) Programa MAKATON e Técnicas de Ensino-Revisão
b) Ensino de Gestos
c) Alfabeto Gestual e o Programa MAKATON
d) Apresentação de trabalhos pelos participantes

Sensibilização à intervenção com o Picture Exchange Communication System: PECS / Sistema de Comunicação por Troca de Imagens

a) Avaliação das expectativas e conhecimentos prévios dos formandos
b) Introdução teórica do programa de treino de comunicação PECS.

a. Enquadramento histórico
b. A quem se destina e quando iniciar
c. Observação do vídeo de divulgação da Pyramid.com (em inglês) sobre o PECS

c) Apresentação teórico-prática do protocolo de treino

a. Inventário dos reforços (avaliação dos objetos de reforço)
b. As 6 Etapas:

1.“Como” comunicar (Troca Física)
2.Distância e persistência (Aumento da espontaneidade)
3.Discriminação de imagens
4.Estruturação da frase
5.Responder a “o que queres?”
6.Comentários (Resposta e comentários espontâneos)
7.Atributos (Introdução de conceitos adicionais)

d) O PECS, o ABA, e a Metodologia Teacch
e) Conclusões das últimas investigações com base no PECS
f) Treino das várias etapas através de exercícios práticos, a partir de “cenários – tipo” em Terapia da Fala

A Comunicação Aumentativa e Alternativa no Adulto: Avaliação

a)    Definição dos conceitos de base necessários à compreensão do uso de CAA em adultos com perturbações adquiridas da comunicação
b)    Introdução ao modelo concecional utilizado em CAA
c)    Introdução à avaliação em CAA
d)    Análise dos instrumentos de avaliação disponíveis
e)    Aplicação prática das aprendizagens efetuadas no módulo

A Comunicação Aumentativa e Alternativa no Adulto: Intervenção

a)    Intervenção CAA com pessoas com deficiências físicas adquiridas

a.    A pessoa com Esclerose Lateral Amiotrófica
b.    A pessoa com Esclerose Múltipla (EM)
c.    A pessoa com Doença de Parkinson (DP)
d.    A pessoa com AVC do tronco cerebral

b)    Intervenção com CAA em diferentes grupos com necessidades adquiridas de comunicação: introdução e considerações gerais
c)    Intervenção CAA com pessoas com doenças cognitivas e linguísticas neurodegenerativas: demências
d)    Tecnologias de Apoio para as perturbações da fala/ linguagem
e)    Estratégias gerais de comunicação a ensinar aos parceiros de comunicação
f)    Perturbações da fala versus perturbações da linguagem

A tecnologia como ferramenta de apoio na Comunicação Aumentativa e Alternativa

a) Tecnologias de Apoio a Necessidades Complexas de Comunicação
b) Tecnologias de apoio

a. Interfaces de Acesso
b. Brinquedos Adaptados
c. Digitalizadores de Fala (voz digitalizada / voz sintetizada)
d. Métodos de Selecção
e. Selecção directa e Selecção por varrimento
f. Tabuleiros e Suportes de comunicação: Tabelas Estáticas/Dinâmicas

c) Software educativo

a. Níveis de software
b. Diferentes formas de acesso

d) Escrita Criativa com Símbolos

Tem dúvidas sobre Pós-Graduação em Comunicação Aumentativa e Alternativa da Infância à Idade Adulta [LISBOA]? Contacte Instituto CRIAP

Guardar Este Evento

Evento guardado

Quando e onde


Lisboa - Oriente
Av. D. João II – Parque das Nações
1990 Lisboa
Portugal

Sábado, 17 de setembro de 2016 às 18:00 - Sábado, 8 de abril de 2017 às 18:00 (WEST)


  Adicionar ao meu calendário

Organizador

Instituto CRIAP

 

CONTACTOS GERAIS

MORADA: 
Avenida Fernão de Magalhães, 1862, 5º piso
4350-158 Porto

 

EMAIL: 
geral@criap.com

 

TELF: 
+351 225 492 190
+351 225 097 667
+351 225 026 201
+351 918 081 537

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 
Dias úteis: 09:00h às 19:00h
Sábado: 09:30h às 17:30h

 

 

COMO CHEGAR AO INSTITUTO CRIAP

Coordenadas GPS
Lat. 41.165383 | Lon. -8.588517

Pontos de Referência
Junto à Loja do Cidadão; McDonald's das Antas; Estádio do Dragão; 
 
Carro
VCI (também chamada IC23) > Saída: Antas 

Metro
Combatentes (10 min a pé)
Estádio do Dragão (5 min a pé) 

Autocarro (STCP)
305 / 402 / 805 / 8M
Paragem: ANTAS (L. CIDADÃO)

 

APRESENTAÇÃO

Fundado em 2007, o Instituto CRIAP estreou-se como unidade exclusivamente dedicada às ciências psicológicas.
Consciente de que o mercado de trabalho é cada vez mais exigente e competitivo, o Instituto CRIAP tomou para si o dever de preparar mais e melhores profissionais. Para isso, ao longo do seu percurso, tem vindo a reforçar a sua equipa com docentes altamente qualificados e de mérito reconhecido e apostado na diversificação das suas áreas de atuação. Atualmente, o Instituto CRIAP tem uma oferta formativa que abrange as áreas da Psicologia, Terapia da Fala, Serviço Social, Educação, Recursos Humanos, Ciências Forenses e Criminais. O seu compromisso assenta em padrões de rigor e qualidade científica, procurando aproximar-se dos parâmetros internacionais de exigência em cada uma das áreas formativas.
O seu modelo de atuação engloba diferentes tipologias de formação, desde workshops de curta duração a pós-graduações, procurando uma resposta mais adequada às necessidades formativas individuais de todos os que procuram os serviços do Instituto CRIAP. A partir dos serviços centrais, sediados no Porto, o Instituto CRIAP trabalha diariamente para chegar cada vez mais longe:
-Porto, Lisboa, Coimbra, Madeira e Açores beneficiam já dos nossos serviços de formação;
-Com o novo projeto de ensino à distância (e-learning), o Instituto CRIAP toma para si o desafio de levar o conhecimento científico além-fronteiras.

 

  Contactar o organizador
Pós-Graduação em Comunicação Aumentativa e Alternativa da Infância à Idade Adulta [LISBOA]
Coisas para fazer em Lisboa Aula Outro

Inicie sessão ou registe-se

Para comprar estes bilhetes em prestações, é necessária uma conta Eventbrite. Inicie sessão ou registe-se para uma conta gratuita para continuar.