60 €

Lisboa quase (im)possível

Informações do evento

Partilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

TODOS

3 Rua Pereira Henriques

1950 Lisboa

Portugal

Ver mapa

Política de reembolsos

Política de reembolsos

Reembolsos até 7 dias antes do evento

Descrição do evento

Descrição

How to decolonize the territory of our imaginations?

How can a nostalgic city connect with the wistful yearnings of its future?

Why is it easier to imagine the end of the world than the end of capitalism?

Em 2007, não existia Airbnb e o Sócrates era primeiro-ministro. Como em 2007 poderíamos imaginar a Lisboa de 2017? Bastam 10 anos no futuro para confabular novas possibilidades improváveis para essa cidade, misturando sua característica nostalgia e potencial narrativo. Vamos prototipar essa Lisboa do porvir e criar situações, objetos ou cenas desse futuro que tenham potencial de catalisar insights para a Lisboa presente.

O jeito que imaginamos o futuro é fortemente influenciado por narrativas (histórias, produtos, marcas, política) e o ponto-de-vista escondido ou mergulhado em cada uma delas. De filmes sci-fi até designers futuristas, eles afetam nossa esperança (ou falta de), nossos desejos, e nossa habilidade de tomar decisões sobre o futuro.

Como criadores transmídia e transdisciplinares, nós queremos facilitar colaborações entre pessoas de competências diversas com objetivo de propor e se apropriar da nossa própria imaginação do futuro.

Esse workshop não busca transmitir competências específicas ou conhecimentos técnicos, ele é estruturado como uma experiência intensa e colaborativa de criação e produção para o devir.

Nós iniciamos o workshop apresentando uma proposta ficcional e estrutura básica. Em dois dias, realizaremos diversos exercícios - etnografia futurista, arqueología reversa, LARP, criação de personagens, etc - para dar densidade a esse futuro alternativo. Os exercícios definem a tonalidade e textura ficcional onde iremos criar coletivamente, protótipos que vivem nessa Lisboa inventada, de um futuro próximo, mas capaz de oferecer uma perspectiva intrigante sobre o tempo presente.

Essa é uma experiência media agnostic, onde protótipos de vários tipos podem ser realizados - experiências com performance, intervenções públicas, video, design, tecnologia interativa, entre outros. Os repertórios e habilidades do grupo refletem na complexidade e qualidade dos resultados. Invenções para uma Lisboa na beirada do (im)possível.

Designers, artistas plásticos, cineastas, escritores, artistas performáticos, estudantes, entre outros, são bem-vindos para compor essa experiência.

-

Lisboa Quase (Im)Possível is an SCD (Speculative and Critical Design) workshop with near-future Lisbon as its central theme. In the workshop, we will present a fictional premise, methodologies, and creative exercises. Unlike the typical idea of a “workshop”, where the focus is on learning, this is rather an opportunity to engage with creative peers in project development, initiated by this unlikely design proposition, with the end result being a final presentation of conceptual prototypes.

The unique model of this workshop is to collaboratively create a fictional world, not to solve an existing problem, but to understand better our social and systemic constraints and discover the possibilities to break through them. The resulting prototypes serve as practical insights into complex problems, using fictional storytelling for creative epiphanies, systemic thinking, and a way to critique our current reality.

For us, the desired outcome is not simply to create interesting objects or experiences, rather, it has the ambition to lead to the creation of better futures. As transmedia producers, transdisciplinary thinkers, and inventors, we want to facilitate collaboration across even more diverse skillsets, broaching new boundaries in a quest to exercise better ownership of our networked imagination.

Language:

  • O workshop será realizado em português (Brasil) com intervenções e conteúdo em inglês, portanto é importante a compreensão da língua inglesa.

  • This workshop will be held in Portuguese (Brazil) and English, knowledge of both languages is essential.

Keywords: speculative design; experiential futures; transmedia storytelling; fictional world building; critical design; futures studies; social foresight; speculative realism.

Janeiro 7 and 8, 2018.

Mais informações / Contato: hello@imaginationofthings.com


Some of our past projects:

Empathy Bomber Backpack - A performer crosses the main square in Turin with the costume of the Empathy Bomber, releasing the empathy gasses.

TerraEconomics - Someone whispers to plant to receive earth data feedback in the form of vibrations.


Sobre nós / About us:

Vitor Freire is a Brazilian creative director based in Amsterdam. He is a choreographer of interaction, a creative hybrid crafting content, strategies, and experiences in Brazil, USA, and Netherlands. He holds a Masters in Interactive Communications (ITP) from New York University. He has collaborated in places like Crispin, Porter + Bogusky , CI&T , VICE , and 72andsunny , besides a career as a creative entrepreneur in São Paulo and Amsterdam.

Monique Grimord is an American interactive designer and artist based in Amsterdam. She uses inventions as a storytelling device and design fictions as a method of cultural commentary. She has a Masters in Design from Savannah College of Art and Design (SCAD). She has collaborated with companies like Crispin, Porter + Bogusky , Estúdio Guto Requena , Baltan Laboratories , and Mobgen: Lab .

Partilhar com os amigos

Data e hora

Localização

TODOS

3 Rua Pereira Henriques

1950 Lisboa

Portugal

Ver mapa

Política de reembolsos

Reembolsos até 7 dias antes do evento

Guardar Este Evento

Evento guardado