10 €

Girl Move event | Different stories coming together as one

Informações do evento

Partilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Universidade Catolica Portuguesa

Palma de Cima, 1649-023 Lisbon

1649-023 Lisboa

Portugal

Ver mapa

Política de reembolsos

Política de reembolsos

Reembolsos até 7 dias antes do evento

A taxa da Eventbrite não é reembolsável.

Descrição do evento
Girl Move event | Different stories coming together as one

Acerca deste evento

Podia ser um evento sobre storytelling e o impacto que as histórias das Girl Movers têm em todos nós. Mas não.

Imaginem a trama de uma história a ser tecida e contada em tempo real, por Girl Movers e changemakers nacionais e internacionais com contextos e experiências aparentemente dispares.

Sozinhas, em duos ou trios improváveis vão falar de como a adversidade, a diferença e o carisma de cada um se pode entrelaçar para dar vida e voz a uma história maior. Uma história de mudança e humanidade, onde cada um de nós é protagonista.

O resultado final ninguém consegue prever. Só uma coisa: vai haver espaço para aprender, inspirar e surpreender. O resto é história. E das boas.

Os lugares são limitados, por isso reservem já o vosso lugar.

SPEAKERS

Honorina Ilka Saide

A primeira “cara” que dá o pontapé de saída para a história comum que se vai contar no evento de dia 8 de Novembro, chama-se Honorina Ilka Saide. Ela é psicóloga, fundadora do programa WomenEmpower Mz, atleta de Kickboxing e Girl Mover.

Atualmente, está em Portugal a terminar o Programa Change e vai partilhar connosco a sua história, visão e missão. Sem culpas nem vitimizações. Apenas ela.

P.S. O K.O é garantido. 😉

João Miguel Tavares e Tânia Beque

João Miguel Tavares é jornalista, colunista e cronista no jornal Público e, membro do programa Governo Sombra.

Tânia Beque é Girl Mover, activista e licenciada em Educação Ambiental.

Ele foi o autor do aclamado e disruptivo discurso do dia 10 de Junho que arrepiou e comoveu tanta gente. Ela ambiciona ser ministra do Ambiente de Moçambique e quer transformar os lugares de sombra e iluminá-los!

No dia 8 de Novembro juntam-se. O que poderá sair deste dueto improvável?

Luz. No mínimo luz.

Thato Kgatlhanye

Tem 28 anos, sul-africana, founder da Rethaka Foundation. O Bill Gates considerou-a como uma das jovens africanas que mais está a contribuir para a mudança no mundo.

O seu projecto alia em si 3 áreas: educação, sustentabilidade ambiental e empowerment. Em 2014 estas 3 áreas entrelaçaram-se para dar vida a um produto que simboliza sonho, respeito pelo planeta e sustento.

Hoje em dia, o projecto é mais do que isso e tornou-se numa fundação que apoia muitas famílias sul-africanas e inspira-as a sonhar.

A experiência real de uma jovem-adulta empreendedora que decide largar a estabilidade de uma carreira consensual para abraçar uma causa maior, de corpo e alma.

Com todas as dúvidas, inseguranças e percalços que isso implica.

No dia deste evento, a fundadora da Rethaka Foundation vai subir ao palco para partilhar como é que nasceu o projecto e porquê, mas não só. Vai também lançar o desafio para pensarmos como é que é podemos mudar a percepção geral destes projectos do 3º sector, para se envolverem na transformação de um mundo, que não se move pela caridade mas sim pela conquista de maior dignidade e humanidade.

Vamos?

Raquel Gaspar e Claudia Machaieie

Raquel Gaspar é uma conceituada bióloga marinha, co-fundadora de OceanLive e das Guardiãs do Mar e já distinguida pela Terre des Femmes. Entre variados projectos e conquistas que alcançou, destaca-se o facto de já ter tirado cerca de 37 toneladas de lixo do rio Sado.

Cláudia Machaieie, é Girl Mover, também bióloga marinha e para ela a conservação da biodiversidade marítima sugere um mar de possibilidades e sonhos para quem também vive em terra.

As duas biólogas, juntam-se para uma conversa de espelhos, em que a diferença aproxima mais do que afasta e juntas mergulham no mesmo sonho. Um futuro mais azul e justo.

Jorge Pina e Roda Mabuluco

Jorge Pina tem 42 anos e cedo se destacou como atleta de alta competição, no pugilismo nacional, vencendo vários títulos. Quando se preparava para tentar alcançar o título de Campeão do Mundo, perde a visão e a partir daí tudo muda!

Segundo ele, “Tive de cegar para voltar a ver”

Hoje em dia é atleta paralímpico de atletismo, personal trainer e fundou a Associação Jorge Pina, que tem como principal mote a prática da cidadania, a inclusão social e o combate à discriminação. O seu objectivo é desenvolver e potenciar a auto-confiança, autonomia e responsabilidade na comunidade local.

A Roda é Girl Mover, tem 23 anos, é professora de geografia e quer desenvolver um projecto para os seus alunos que não conseguem ver.

No dia 8 juntam-se para falar da visão que têm para um mundo mais inclusivo e responsável.

Location

Católica- Lisbon School of Business & Economics

(Auditório Cardeal Medeiros da Universidade Católica Portuguesa)

Palma de Cima,

1649-023 Lisboa

Partilhar com os amigos

Data e hora

Localização

Universidade Catolica Portuguesa

Palma de Cima, 1649-023 Lisbon

1649-023 Lisboa

Portugal

Ver mapa

Política de reembolsos

Reembolsos até 7 dias antes do evento

A taxa da Eventbrite não é reembolsável.

Guardar Este Evento

Evento guardado