Gestão de Desempenho via ORC

Gestão de Desempenho via ORC

Painel de Ações e Detalhes

199 € – 250 €

Localização

Evento online

Política de reembolso

Entre em contato com o organizador para solicitar um reembolso.

A taxa de Eventbrite não é reembolsável.

A gestão estratégica por métricas tradicionais pode ser limitativa e os ORC (OKR) colmatam a necessidade de incremento na criação de valor.

Acerca deste evento

ORC = Objetivos e Resultados-Chave

(em inglês OKR: Objectives and Key-Results)

Perante uma avaliação da Gestão de Desempenho Tradicional que é obsoleta, faremos uma incursão nas métricas e seu funcionamento, contrastando-as com a alternativa, a qual está focada na criação de valor iniciada pelos colaboradores (numa direção bottom-up).

Percecionando os desafios:

  • orçamento anual (onde um ano é demasiado tempo),
  • falta de proatividade (onde se foca no julgamento do passado),
  • centralização da decisão e conhecimento no “chefe”,
  • ligação direta de benefícios a salário (levando à colocação de objetivos mais baixos e criando o efeito “saco de areia”)

analisamos os efeitos da Gestão de Desempenho Tradicional e propomos a adoção de ORC, os quais são criados pelos colaboradores, alinhados com o propósito da organização e potenciam um ambiente de transparência, comprometimento e motivação. Sugerimos também que, com base nesta evolução, sejam criados ORC de equipa e da própria organização, para maximizar a produtividade e entrega de valor.

imagem Gestão de Desempenho via ORC

Aprendizagens desta Jornada:

  • As métricas tradicionais, as suas vantagens e desvantagens e a tendência orientada à Felicidade no Trabalho, que procura colmatar algumas lacunas já identificadas;
  • A importância do comprometimento dos colaboradores (engagement) e como podemos potenciá-lo;
  • Entender o porquê de focar nas pessoas: felicidade, motivação, aprendizagem. Verificar como estes elementos criam valor para a organização;
  • A ilusão do desempenho tradicional, onde se pode operar a mudança e como quebrar a ligação direta entre benefícios e orçamento, objetivos de desempenho fixos e recompensas;
  • A nova abordagem beyond budgeting, o planeamento de cenários, o feedback efetivo e a transparência na definição de objetivos e criação de uma direção comum. Analisar o nome do Programa e propor ajuste perante esta nova perspetiva;
  • Entender o que são os ORC, como podem ser a alternativa por estarem intimamente ligados às motivações intrínsecas dos colaboradores e como ligam o propósito entre pessoas e organização;
  • Quebrar a confidencialidade e competição negativa com a otimização do todo e o mapeamento do Fluxo de Valor;
  • Conhecer as mais-valias dos ORC e como se diferenciam das métricas tradicionais;
  • Descobrir os critérios dos ORC, saber criá-los, desenvolvê-los e analisá-los;
  • Contrastar com erros mais comuns e saber ajustar e testar: observar exemplos práticos;
  • Saber construir mudanças na Avaliação de Desempenho, repensar a forma de trabalhar e identificar o(s) propósito(s);
  • Adotar princípios positivos e criar ORC de equipa e da organização: realizar retrospetiva e desenhar Plano de Ação (Desenvolvimento).

Descrição:

Formato Remoto, 4 sessões: dias 07, 09, 11 e 14 de Novembro de 2022

Cada sessão com duração de 2h, em pós laboral (19h00-21h00)

Módulo 1 - Contexto

07. 11. 2022 | 19h - 21h

Incursão aos Kpi, Smart Goals, BSC (balance scorecard) e MBO (management buyout). Abordagem à problemática: constrangimento e/ou desfasamento das métricas tradicionais ágeis e não ágeis. As Métricas/indicadores Ágeis (desfasadas). A Felicidade (Happiness) como métrica qualitativa, em detrimento do desenvolvimento individual (verificação da realidade atual macro sem substância micro). A importância da perspetiva, a teoria 95/5 e o sistema. A importância do engagement dos colaboradores com o sistema de gestão de performance: como podemos criar bons ciclos? O porquê de focar na motivação, na felicidade e aprendizagem dos colaboradores: como elementos de criação de valor para a organização.

Módulo 2 - Nova Abordagem - Gestão de Desempenho fora do Orçamento

09. 11. 2022 | 19h - 21h

A ilusão do controlo e os problemas dos orçamentos anuais. Análise e alternativas aos desafios da Gestão de Desempenho (orçamento anual desajustado após curto período de tempo, políticas one fits all, atuar com base na ideia de que colaboradores são motivados por salário e benefícios, ligação de benefícios ao desempenho…). Separar os propósitos conflituosos do Orçamento e quebrar a ligação direta entre orçamentos, objetivos de desempenho fixos e recompensas. Introdução ao Beyond Bugdeting, uma nova abordagem à liderança e gestão com base no Planeamento de Cenários. Em que sentido responde às lacunas das métricas atuais, para que o desempenho seja avaliado numa forma holística e com recurso ao feedback efetivo construtivo, para a aprendizagem e desenvolvimento individual. A maneira como lideramos e gerimos e qual o papel que essa perspetiva atribui aos KPI, BSC, SMART. O modelo de gestão adaptado e ligação aos princípios de liderança, que leva a processos de gestão mais positivos e valiosos para as pessoas e suas organizações: criação de uma direção comum, através de estratégias emergentes e planeamento através de cenários.

Módulo 3 - O que é ORC?

11. 11. 2022 | 19h - 21h

Objetivos e Resultados Chave = ORC. ORC’s como alternativa à problemática e relação com a hierarquia de necessidades de Maslow – consequentemente, com as motivações intrínsecas dos colaboradores: permitem ligar ao propósito da pessoa e da empresa. Quando estamos a usar o ORC, estamos a trabalhar para o propósito, empoderamento e na transparência, em vez da privacidade e confidencialidade e, assim criamos Valor para o Cliente (interno e externo), via a otimização do TODO e mapeamento do Fluxo de Valor. O que são, quais são as suas mais-valias e a diferença em relação a indicadores KPI. Os objetivos emergentes e relativos. Como é que ligamos OKR a SMART? Critérios dos Objetivos e dos Resultados Chave.

Módulo 4 - Método de fazer e forma de aplicar

14. 11. 2022 | 19h - 21h

Quando e quantas vezes precisamos de alinhar objetivos, como funcionam, como analisar os resultados, elementos que importa destacar e os erros mais comuns. A importância de testar os ORC e exemplos práticos. Deve-se operar mudanças na Avaliação de Desempenho, focar no propósito e repensar a forma de trabalhar, criando ORC de equipa e da organização, adotando princípios positivos para melhorar o desempenho. Exemplos de organizações que adotaram os ORC e retrospetiva com orientações para Plano de Desenvolvimento Pessoal.

Público-alvo:

  • Público em geral, com interesse no tema;
  • Consultores de RH;
  • Todos os profissionais ligados aos recursos humanos, sejam generalistas ou especialistas, bem como, gestores e líderes de departamentos;
  • Gestores de empresa, que se queiram capacitar de conhecimentos transversais, em termos de temáticas ligadas à gestão de pessoas.

É necessário alguma pré-competência?

Não precisas de nenhuma pré-competência para participar no curso online. Adaptamos o curso aos participantes e respetivo nível.

O que torna esta jornada única:

  • Experiência centrada nos participantes com uma componente fundamentalmente Prática e Imersiva;
  • Materiais de Preparação e de consolidação para cada sessão: vídeos e artigos, com exemplos práticos de organizações e conceitos/teorias de profissionais de referência
  • Ofertas especiais mediante as atividades / desafios colocados;
  • Facilitador é Praticante de Agile e Project Management Professional;
  • Programa de Desenvolvimento exclusivo criado de raiz para responder a lacuna observada nas organizações;
  • Participação de convidados (a confirmar);
  • Sessões customizadas aos Participantes;
  • 1 Sessão de Agile People Coaching Gratuita.

Política de cancelamento e devoluções:

Se tiveres que cancelar a tua inscrição, deves enviar uma notificação por escrito para be@bebolder.pt. Por favor, certifica-te que identificas corretamente o nome do Programa "Gestão de Desempenho via ORC Remoto de 07 a 14 de Novembro de 2022", no assunto do teu e-mail.

  • Haverá lugar a uma restituição de 25% do valor, para cancelamentos recebidos entre 30 e 14 dias antes do início do evento.
  • A partir de 14 dias antes do evento, não será emitido reembolso.

Partilhar com os amigos